Rio de Janeiro

A chave do crime

R$14,90

É domingo e o delegado Diógenes Fleury prepara-se para aproveitar a praia, em frente ao Leme. O telefone toca quando está pronto para deixar o apartamento. Do outro lado da linha, seu assistente o avisa que um crime violento acaba de ocorrer em uma rua tranquila na Tijuca. Estamos em 1952 e as investigações do delegado levarão a uma descoberta surpreendente.

Os leitores de Sonia Roiter Stycer já conhecem os talentos de Fleury, o aplicado policial que esclareceu outros crimes intrincados, em “A Procura por Isabel” e “A Morta do Lago”. Neste novo romance, a autora desenvolve uma história tocante e repleta de mistérios, passada ao longo de 20 anos, em torno de uma estilista talentosa e o seu sonho de viver um amor de verdade.

A sabedoria do cotidiano

R$9,90

A sabedoria do cotidiano é uma obra autobiográfica com experiências  ricas de vida, que vão motivar o leitor, fazendo-o refletir e repensar seu modo de conduzir a própria existência e de seguir suas aspirações e seus objetivos. Uma história inspiradora, plena de transformações e guinadas inteligentes e corajosas de rumos. O autor nos conta como e quando resolveu se aventurar por caminhos diferentes, alterando a direção do seu percurso e optando por se feliz, no amor e na profissão.

A vida trágica da aeromoça Alice

R$9,90

Rio de Janeiro, década de 50. Por onde passa, Alice chama a atenção. Primeiro como secretária, depois como aeromoça da Panair, ela tem um enorme time de admiradores. Misteriosamente, porém, vários de seus namorados são vítimas de acidentes inexplicáveis. Uma longa e difícil investigação policial vai tentar juntar os fios soltos e chegar ao autor destes crimes. Em seu quinto romance policial, Sonia Roiter Stycer combina lembranças pessoais com muita imaginação para criar uma intrigante história, ambientada em um Rio que não existe mais, mas é facilmente reconhecível.

Emma e o sexo

R$30,00

Primeiro volume de uma trilogia, Emma e o sexo, da romancista e poeta Ilana Eleá, é uma obra que leva o leitor ao limite do desejo, da paixão e do erotismo. A personagem-título, Emma, é uma antropóloga nórdica que vem ao Brasil observar o comportamento erótico de mulheres que se autodenominam empoderadas sexualmente, para inclui-lo em seu estudo. Ela entrevista e acompanha uma cam girl profissional, bela e totalmente desinibida em suas aulas práticas…

Encontros de neve e sol

R$14,90

Encontros de neve e sol é a saga de uma mulher-coragem. Em busca do amor, da felicidade e do esquecimento de amarguras vividas, a personagem deste romance embarca numa aventura em um país desconhecido e muito diferente do seu, no clima, na língua, nos costumes. Esta ficção é deliciosa, não só pela construção dessa mulher pela autora, mas também pelas descrições das alegrias e pânicos que ela vive. Você vai se reconhecer em muitas das situações criadas com sensibilidade e humor por Ilana Eleá.

existe e está aqui e então acaba

R$14,90

Após passar o Réveillon no Rio de Janeiro, um professor de literatura viaja para uma pequena cidade do agreste pernambucano para visitar um amigo e dar um curso sobre literatura clássica. Intrigado pela história da região e pela família do amigo, o professor inicia uma busca pelas origens da cidade.

O livro é uma viagem de transformação desse narrador a partir do mergulho no desconhecido do próprio país, um percurso de exílios, voluntários ou não, conectando os primórdios da literatura ocidental com os territórios perdidos do sertão brasileiro.

“Pequenos Exílios” é uma coleção de relatos ficcionais de viagem, elaborados por escritores que possuem em suas trajetórias uma experiência radical em solo estrangeiro.

As cartografias destes pequenos desaparecimentos ecoam a proximidade entre viagem e literatura de toda uma vasta genealogia de escritores aventureiros. Entre legados e pressentimentos, estes “Exílios” acolhem o testemunho da alteridade e do desamparo, da vertigem e do desenraizamento, de um continente que constitui sujeitos e identidades mais assentados nas polifonias da estrada que nos costumes da terra.

“Pequenos Exílios” é um manifesto não escrito de gêneros transnacionais. É um atestado de pertença ao desassossego e de recusa a endogamias artísticas.

A trama de idiomas outros na textura da língua mãe.

Iara e outros

R$14,90

“Era em Botafogo. Numa rua sombria de casarões velhos e figueiras. Mais uma casa reformada num gênero que se pretendia original, buscando seduzir o público pela ino­vação. Nem restaurante nem boate, um palco de teatro com mesas na plateia e serviço de bar.

O tamanho era o de um cinema médio e nas paredes laterais se espalhavam, em exposição, fotografias emolduradas em espelho. Cada noite uma atração diferente a se repetir nas semanas seguintes do mês: a amiga sempre às quartas, dizia o programa que deram para Iara na entrada.”

Assim começa Iara e outros, de Marina Slade.

Mário Peixoto antes e depois de Limite

R$19,90

O encanto me despertou para Limite (1931), encanto sempre mantido. Faço um recorte da vida de Mário Peixoto (1908-1992) a partir de sua homossexualidade, muitas vezes dita, mas pouco estudada. Trata-se de uma pesquisa em realização que teve como ponto de partida, em grande parte, material inédito como cartas, os Cadernos Verdes (diário da infância a 1935), Diário da Inglaterra (1927) e depoimentos de mais de setenta pessoas, entre amigos, parentes e contemporâneos de Mário Peixoto. Todo esse material inédito está no Arquivo Mário Peixoto, sendo que os diários só foram recentemente disponibilizados em formato digital.

A proposta seria apenas contribuir para minimizar uma lacuna em nossa bibliografia de uma leitura gay da vida de artistas brasileiros, e dos modernistas, em particular? Seria possível atualizar o passado a partir de um olhar queer não apenas por meio de uma história de representações de LGBTTQIA+ e de dissidências sexuais, mas de sensações? Seria uma experiência…

Mortes no Arpoador

R$11,90

Seria apenas mais um dia de sol na orla carioca se o corpo de uma menina não fosse desenterrado na praia. A criança era neta de um homem muito poderoso. Sua morte pode estar ligada a outros crimes e a um passado que o Rio prefere esquecer.

Um assassino está à solta e não parece disposto a parar. Quem segue suas pistas é uma jornalista escolada nas nuances e contradições da Cidade Maravilhosa. Em seu caminho, vai cruzar com um misterioso surfista, um calejado profissional do Instituto Médico Legal, um sobrevivente da luta armada contra a ditadura, um líder do tráfico e outros personagens que podem ajudar a desvendar a trama. Ou tornar tudo ainda mais tortuoso e ameaçador.

O capricórnio se aproxima

R$11,90

“Vender enciclopédias”, “trabalhar em banco”, “comer pudim de pão”, “fazer aula de violão” e, finalmente, “ser de capricórnio”. Códigos familiares para assuntos proibidos para as crianças. É percorrendo esse mapa congestionado da linguagem que o leitor vai compreendendo lentamente o enredo cheio de humor e melancolia de O capricórnio se aproxima, do carioca Flavio Cafeeiro.

Primeiro livro do Selo JOTA, que tem coordenação e curadoria de Noemi Jaffe. A ideia original desta coleção partiu do pioneiro e consagrado Oulipo, grupo de escritores entre os quais se incluíam Italo Calvino, Raymond Queneau e Georges Perec. Todos os livros do JOTA partem de um desafio, de restrições narrativas que, por paradoxal que pareça, atuam de maneira a incrementar o texto ficcional.

A linguagem como jogo e a arte como forma. Dois pressupostos que orientam este primeiro livro do JOTA e orientarão os próximos. Libertar a narrativa do lugar confortável da verossimilhança. Provocar no leitor certa desconfiança em relação aos caminhos prontos da linguagem que orientam suas vidas.

Tempo de amar

R$14,90

Um romance apaixonante que se desenrola em meados do século 19 no Rio de Janeiro e relata a vida de uma família que acredita e luta por uma sociedade mais justa.

Uma história envolvente que aborda temas como: preconceito, vingança, amor e superação.

Uma obra que transita entre dois mundos com simplicidade e harmonia.