Blog

Publicando com a gente, seu livro fica à venda nas principais lojas on-line sem que você tenha que pagar pela impressão. Sem estoque e sem idas aos correios.

Já falamos aqui sobre as diversas maneiras de se fazer uma publicação independente. Passemos a falar sobre como vender seu livro.

Há pouco tempo, a publicação independente implicava em ter disposição e dinheiro para a empreitada, já que você precisaria:

  • investir na impressão de uma tiragem mínima para que o unitário pudesse ser vendido a um valor acessível aos leitores;
  • reservar um espaço para guardar os livros até que fossem vendidos;
  • sair vendendo seu livro por aí, uma tarefa nada fácil.

Além do fechamento de várias livrarias pelo País, as que restam não têm espaço físico para comportar todos os lançamentos das editoras tradicionais, sendo muito criteriosas para receber títulos até mesmo de editoras médias. Nesse contexto, podemos dizer que é praticamente impossível um autor independente deixar livros em consignação em uma livraria.

Mas hoje existem soluções profissionais menos trabalhosas a custos acessíveis para você vender seu livro. A solução? Publicando com a gente por exemplo, seu livro fica à venda nas principais lojas on-line sem que você tenha que pagar pela impressão.

Com a solução que oferecemos, o Print On Demand (POD) ou impressão sob demanda, o autor tem benefícios significativos. Veja:

  • seu livro fica à venda nas principais lojas, ao lado dos livros das editoras tradicionais;
  • você não precisa investir em impressão;
  • você não precisa ter um local para armazenar os livros;
  • você não precisa ir aos correios toda semana para despachar os livros vendidos.

A venda de livros impressos funciona da seguinte maneira:

1. Seu livro fica à venda nas principais lojas on-line nacionais (amazon, americanas, estante virtual, magazine luiza, submarino, entre outras) ao alcance do leitor;

POD print on demand 2 envio do livro impresso

2. Uma vez que o livro é vendido e o pagamento confirmado, ele é impresso, montado e encapado em uma impressora expressa de livros e despachado para o leitor em até 48 h;

3. E o melhor de tudo, o autor não precisa investir em impressão. O custo é coberto no ato da venda de cada livro.

 

Outro ponto que tem agradado aos nossos autores, é o fato de poderem encomendar uma tiragem especial para o lançamento do livro. Nesse caso, o autor compra os livros com desconto de 50% (10 ou mais unidades) ou 35% (até 9 unidades) para vendê-los no lançamento. Você pode convidar amigos e parentes para uma noite descontraída em um barzinho ou combinar de fazê-lo em uma livraria.

Nossos títulos podem ser encontrados em livrarias físicas também. Temos livrarias cadastradas que recebem as informações sobre os lançamentos e podem fazer a mesma compra especial com desconto para oferecê-los aos clientes. O que geralmente acontece: quando o livreiro percebe que um livro tem potencial ou que está vendendo bem em outra loja, faz a encomenda para disponibiliza-lo em sua livraria. Outra possibilidade: um leitor encomenda o livro em uma livraria física e o livreiro pode comprá-lo com desconto e avisar o leitor assim que o livro chega.

Então fique tranquilo. Você já encontrou uma solução de distribuição prática e eficiente para vender seu livro nas principais lojas. E agora, o que mais é preciso fazer para vender seu livro?

  • ANTES: capriche na edição e publique. Publicação independente não é sinônimo de publicação caseira, ou não deveria ser. Os serviços editorias profissionais estão acessíveis e, na e-galáxia, o autor tem acesso aos mesmos colaboradores que trabalham para as grandes editoras;
  • DEPOIS: divulgue seu livro. Da mesma forma que funciona nas editoras tradicionais, o engajamento do autor na promoção do livro pode ser decisiva para o sucesso da divulgação. Veja algumas dicas;

Se já não havia diferença entre um bom e-book autopublicado em comparação ao de uma editora tradicional, agora pode-se dizer o mesmo do livro impresso.

Lembrando que na publicação independente da e-galáxia, o autor recebe o dobro de royalties do que em uma editora tradicional: 20% do preço de venda do livro impresso e 40%, no caso do e-book.

Deixe um comentário