Autor(a)

Paulo R. Haddad

Economista, professor emérito da UFMG e consultor. Graduado em Economia pela Faculdade de Ciências Econômicas da UFMG, Paulo Roberto Haddad fez especialização em Planejamento Econômico no Instituto de Estudos Sociais de Haia, na Holanda. Foi ex-Ministro da Fazenda e do Planejamento da República Federativa do Brasil (1992-1993), ex-Secretário da Fazenda e do Planejamento do Estado de Minas Gerais (1979-1982), consultor do Banco Mundial, do Banco Interamericano de Desenvolvimento, do PNUD, da ECLA e de outras organizações públicas e privadas.

Publicou diversos livros e artigos em revistas especializadas no Brasil e no Exterior, entre eles, Economia regional, teorias e métodos de análise.

Foi responsável pela elaboração e execução de diversos programas governamentais, tais como o Programa de Desenvolvimento de Centros Intermediários (cidades-dique); Programas de Desenvolvimento da Agricultura de Baixa Renda e Programas de Desenvolvimento de Comunidades.

Livros do(a) Autor(a)

6 ideias à procura de um estadista

R$0,00

Este estudo é sobre ideias que pretendem contribuir para uma Grande Transformação da sociedade brasileira ao longo da próxima década, analisando os seus problemas socioeconômicos e socioambientais e avaliando alternativas para o seu equacionamento. Como estamos em ano de eleições para escolher o Presidente da República e…

A Amazônia e as ideologias ambientalistas

R$19,90

Neste ensaio, intitulado A Amazônia e as ideologias ambientalistas, o economista Paulo Roberto Haddad procura analisar como foram formadas, historicamente, as raízes das diferentes correntes de pensamento que determinam as decisões de governantes, empreendedores e formadores de opinião quanto ao uso e ao não uso dos ecossistemas brasileiros, tendo como principal estudo de caso o bioma amazônico.  Ao longo do texto, os exemplos enumerados mostram que boa parte dos problemas enfrentados por áreas economicamente deprimidas têm origem no uso predatório dos ecossistemas e que para enfrentá-los é preciso sanar as causas da…

A produção de alimentos para a humanidade

R$0,00

Neste livro, o professor Paulo Haddad propõe uma concepção para o terceiro ciclo de expansão da economia brasileira no período após a Segunda Grande Guerra. Constata que, nos últimos 40 anos, o crescimento da economia brasileira foi insignificante tendo em vista o potencial de desenvolvimento do nosso país. A nova concepção se baseia no modelo de destruição criativa de Schumpeter visando a produção de alimentos para a humanidade.

Amazônia

R$59,90

Crise social e crise ambiental

Neste livro, o autor se volta para a Amazônia, onde testemunhou, em quatro décadas de experiência como consultor de projetos públicos e privados, ameaças concretas ao meio ambiente e desigualdades sociais dramáticas, vividas por um percentual expressivo de pessoas imersas na extrema pobreza. As páginas a seguir mostram alguns caminhos para que o Brasil e a Amazônia encontrem sua trajetória de crescimento sustentado e inclusivo…

Bom dia, presidente

R$0,00

“Durante o processo eleitoral de 2022, deverá haver intensos debates e controvérsias em torno dos programas de governo dos candidatos à Presidência da República. Participei desses debates nas últimas elei­ções, elaborando análises e propondo alternativas de soluções para os problemas socioeconômicos e…

Como as regiões se desenvolvem – narrativas

R$19,90

O crescente interesse pela questão de como as regiões se desenvolvem tem várias origens no Brasil. Do ponto de vista da opinião pública nacional, o interesse surgiu à medida que os brasileiros começaram a perceber que as condições de vida de cada um dependiam, em grande medida, da região em que..

Crônicas contra a maré

R$0,00

Este livro contém uma série de artigos publicados semanalmente no jornal O TEMPO, entre novembro de 2020 e agosto 2021, em meio à pandemia de Covid-19. O volume traz textos que falam sobre as principais questões socioeconômicas e socioambientais que afetam o país, Minas Gerais e Belo Horizonte.

Economia ecológica e economia integral

R$14,90

Vivemos em um tempo marcado pelo uso predatório e irresponsável dos ecossistemas, em que decisões políticas e econômicas, casuísticas e imediatistas, põem à prova nossa capacidade de assegurar o futuro da humanidade no Planeta. Com tantas ameaças à vida, o que esperar das teorias econômicas e dos instrumentos de intervenção das políticas públicas ambientais?

Esta é a resposta que este livro procura arquitetar: a construção de uma estrutura analítica que integre o subsistema econômico dentro do sistema ecológico, modificando o atual paradigma no qual o subsistema ecológico é compreendido pelo sistema econômico.

Muitas fontes concorrem para formar o curso principal desse raciocínio. Dentre elas, as grandes correntes do pensamento econômico e a Encíclica LAUDATO SI’. Promulgada em 2015 pelo Papa Francisco, a Encíclica propõe as linhas de ação a serem perseguidas para mitigação da crise ambiental e oferece uma concepção de Ecologia Integral que articula a crise ecológica com a crise social.

O colapso dos ecossistemas no Brasil

R$14,90

A partir de sua experiência profissional, o economista Paulo R. Haddad procura analisar as raízes históricas da degradação de alguns dos principais ecossistemas do país (Mata Atlântica, Amazônia, Cerrados) e como essa degradação tem afetado o bem-estar social sustentável da nossa população, assim como a produtividade total dos fatores de produção. A análise destaca, historicamente, como os diferentes ciclos econômicos impactaram os ecossistemas desde 1500. O recorte dos capítulos inclui as florestas, as águas, as terras e os minérios do Brasil.

Objetivos do desenvolvimento sustentável (ODS)

R$80,00

Narrativas para a construção do futuro

Em setembro de 2015, os Estados Membros das Nações Unidas se comprometeram com a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável que inclui um conjunto de 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) para o período de 2015 – 2030.

Esses Objetivos constituem um plano de ação mundial para…

Planejamento e políticas públicas no Brasil

R$19,90

Este Ensaio tem por objetivo resgatar as experiências de planejamento econômico e das políticas públicas no Brasil, a partir da II Grande Guerra, assim como destacar a falsa controvérsia entre planos e mercados no passado, no presente e no futuro do capitalismo no Brasil. É missão de todo processo de planejamento prospectar o futuro da economia e gerar cenários…

Três ensaios sobre a economia brasileira

R$154,90

Composto por três ensaios, este livro traz uma síntese dos trabalhos profissionais do autor como professor, pesquisador, ministro e secretário de Estado e consultor de instituições públicas e privadas nacionais e internacionais. Escritos em linguagem acessível ao leitor que não tem familiaridade com a terminologia específica da economia e das ciências sociais e ilustrados com exemplos concretos, os ensaios fazem um recorte analítico dos temas relacionados à história do pensamento econômico, aos processos de planejamento urbano e regional e, também, à análise das questões ambientais em escala global, nacional e regional.

Uma introdução à economia do século XXI

R$14,90

Uma introdução à economia do século XXI é a contribuição do economista, professor emérito da UFMG e consultor Paulo R. Haddad, para o enfrentamento de um dos maiores dilemas da humanidade neste início de milênio: uma crise sem precedentes, que resulta da combinação e do entrelaçamento de aspectos ambientais e sociais. Para responder a essas questões, Haddad propõe uma concepção de meio ambiente não apenas como fator de produção, mas como envoltório que abarca, contém, provisiona e sustenta toda a economia. Tarefa hercúlea, em um país em que há um grau de conformismo generalizado com o status quo, onde a desigualdade de oportunidades e renda é vista como um fato consumado e onde ainda predomina uma noção de meio ambiente que trata a natureza ora como um mega-almoxarifado inesgotável, ora como megadepósito de resíduos, capaz de absorver todos os erros de um modelo econômico perdulário e predatório.O que este livro mostra é que há caminhos para a construção de um futuro mais justo e próspero para todos – os que aqui se encontram e aqueles que ainda vão nascer.